Eu estou aqui:   Início >> RECURSOS E PUBLICAÇÕES >> 8 DE MARÇO
Facebook Image

CLICA PARA VESTIR A CAMISOLA!

CLICA PARA VESTIR A CAMISOLA!

News Feed
8 DE MARÇO

Comemoração do Dia Internacional da Mulher - 2012

Segunda, 05 Março 2012

Dia_Internacional_da_Mulher_XSA Associação Portuguesa Mulheres e Desporto saúda todas as desportistas portuguesas, nesta jornada de afirmação dos direitos das mulheres celebrada em todo o mundo.

 

 

 

 

 

 

Dia Internacional da Mulher

 

O Dia Internacional da Mulher foi proclamado pela revolucionária alemã Clara Zetkin durante a 2ª Conferência de Mulheres realizada em 1910, em Copenhaga (Dinamarca).

clara_zetkin Clara Zetkin

A primeira celebração do Dia Internacional da Mulher realizou-se no dia 19 de Março de 1911.

As mulheres reuniram-se em manifestações de rua, ou em encontros mais ou menos clandestinos, na jornada que mobilizou mais de um milhão mulheres na Alemanha, Suíça, Áustria e Dinamarca, exigindo melhores condições de trabalho, melhores salários e o sufrágio universal, o voto para todas as mulheres maiores de idade, independentemente da propriedade, do pagamento de imposto, do grau de cultura ou de qualquer outra condição.

clara_zetkin2

Após o êxito da primeira celebração do Dia Internacional da Mulher, Clara Zetkin escreveu: «as mulheres mostraram aos defensores das velhas leis quão fortes são, e que com a sua vontade unânime e através da sua luta perseverante, será possível conseguirem a igualdade de direitos.»

 

unser_tag_o_nosso_dia Unser tag (O nosso dia), jornal Die Gleichheit (A Igualdade), 27 Março 1911.

Datas mais significativas

1910
Na Conferência Internacional de Mulheres, Clara Zetkin propõe a realização de um Dia Internacional da Mulher.

1011
Primeira celebração do Dia Internacional da Mulher

1953
Primeiro registo das comemorações em Portugal. Apesar da proibição da ditadura, algumas dezenas de mulheres reuniram-se em Lisboa para comemorar o Dia Internacional da Mulher.

1975
Em Portugal, pela primeira vez, o 8 de Março é comemorado em liberdade. A Organização das Nações Unidas (ONU) inaugura as celebrações do Ano Internacional da Mulher, com a realização da 1ª Conferência Mundial sobre as Mulheres, no México. Início da década da ONU sobre as mulheres, que decorreu entre 1975-1985.

1997
Em Lisboa realiza-se a primeira grande manifestação de mulheres em Portugal, sob o lema:  Afirmar a Igualdade. Garantir vida melhor. A manifestação entre o Marquês de Pombal e Restauradores, foi organizada pela CGTP-IN e MDM, com a adesão de muitas organizações de mulheres, entre as quais a recém-constituída Associação Portuguesa Mulheres e Desporto.

 

Um século depois, o 8 de Março permanece, transportando para o tempo presente um património histórico de combate e de aspiração de justiça de muitas gerações de mulheres.

Celebrado em todo o mundo, o Dia Internacional da Mulher é uma jornada de acção das mulheres pelos seus direitos, contra todas as formas de discriminação.

 

 

Qual é o significado do Dia Internacional da Mulher?

O Dia Internacional da Mulher, ou Dia Internacional da Mulher Trabalhadora é sinónimo de luta, uma luta secular pela emancipação das mulheres contra todas as formas de opressão e exploração.

Em todo o mundo, o 8 de Março é celebrado como uma jornada de afirmação na conquista de direitos económicos, sociais e políticos. É também neste dia que as mulheres afirmam as suas razões pela Paz, contra todas as guerras.

 

Qual a relação entre o Dia Internacional da Mulher e o desporto?

No desporto, apesar do princípio da igualdade estar definido na lei, as mulheres exigem a efectivação do direito ao desporto, em igualdade!

O ano 2000 foi marcado pelo centenário da participação das mulheres nos Jogos Olímpicos, facto que só aconteceu na II Olimpíada em Paris (1900).

Neste mesmo ano foram criados, pelo Comité Olímpico Internacional, os  «Troféus Mulheres e Desporto»: cinco troféus continentais e um troféu mundial, atribuídos todos os anos, a pessoas ou a organizações, como forma de reconhecimento pelo trabalho em prol do desenvolvimento e do reforço da presença das mulheres nas actividades físicas e desportivas.

 

No Dia Internacional da Mulher, em 2006, Alfredina Silva foi considerada um exemplo de perseverança

Em 2006, a treinadora Alfredina Silva, ex-internacional de futebol 11, foi uma das 9 mulheres escolhidas em todo o Mundo, como exemplo de perseverança no desporto.

Esta escolha foi efectuada pela Organização Internacional do Trabalho no âmbito das comemorações do 8 de Março, Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, escolhendo o tema “Mulheres e Desporto”.

As outras 8 mulheres eleitas foram:

Cecilia Tait (voleibol, Peru);

Derartu Tulu (atletismo, Etiópia);

Irina Rodnina (patinagem artística, Rússia);

Myriam Lamare (boxe, França).

Nawal El Moutawakel (atletismo, Marrocos);

P. T. Usha (atletismo, Índia);

Pawina Thongsuk (halterofilismo, Tailândia);

Tirunesh Dibaba (atletismo, Etiópia);

 
Não te cales!Não te cales! Exige a igualdade de prémios no Desporto! Clica para denunciar >>